Como o estresse e a depressão afetam a pele?

18/02/22 - 09:05

Dr.  Bernardo Teixeira da Costa

Pode parecer uma grande surpresa para muitos, mas a pele é bastante afetada pelas reações fisiológicas, que podem acarretar diversos problemas, como surto de acne, sensibilidade e o ressecamento.

A pele possui receptores para os hormônios liberados em situações estressantes, como o cortisol e a adrenalina. Existem também doenças desencadeadas (ou que apresentam piora no quadro) pelo estresse crônico, entre elas: acne, vitiligo, dermatite atópica, psoríase e urticária crônica. 

Neste caso, o estresse parece funcionar como um dos agentes com potencial para ativar a dermatose em indivíduos geneticamente predispostos. Estudos sugerem que o cortisol é capaz de afetar o sistema imunológico e provocar ou agravar uma série de enfermidades, favorecendo a inflamação, por exemplo. 

O mesmo problema pode ocorrer com os fios de cabelo, como em casos de alopecia areata (condição caracterizada pela perda de cabelo ou de pelos em partes do corpo, como cílios, sobrancelhas e barba). Os mecanismos inflamatórios possivelmente atuam da mesma forma como na pele, tendo como alvo as células dos folículos pilosos (raízes dos cabelos e pelos).

Estresse x sensibilidade: hidratação já!
O estresse ainda pode promover sensibilidade, o que não quer dizer que toda pele sensível é causada pelo sintoma. Independente do motivo, esse tipo de pele precisa de hidratação, por mais que tenha áreas oleosas. Assim, as partes podem ser recompostas com substâncias hidratantes, como as que possuem na água termal. Ela pode ser usada em diversas situações, como na remoção da maquiagem e higienização da pele, além de ser ideal para todos os tipos de pele.

Como prevenir os efeitos do estresse na pele?
O Dr. Bernardo Teixeira indica desde uma educação alimentar até o uso de dermocosméticos: ‘’O consumo de fibras na dieta e a restrição de carboidratos e açúcares podem reduzir os agentes. Além disso, o uso de antioxidantes com textura sérum aplicados diretamente na pele e contendo vitamina C, E e ácido Ferúlico também são eficazes”, explica. O Doutor enumera mais sete dicas que podem ser essenciais no gerenciamento de estresse e ansiedade: 

1. Respiração lenta e abdominal; 
2. Conscientização muscular, para relaxar os ombros, soltar as mãos e aliviar o maxilar; 
3. Meditação, para se manter no momento presente e evitar se angustiar com o futuro; 
4. Supervisão da alimentação e do sono; 
5. Praticar o otimismo e tirar algum aprendizado de todas as situações; 
6. Buscar atividades que dão prazer; 
7. Desconectar um pouco, mas sempre mantendo relações interpessoais.
Atenção: não se automedique nem abuse do álcool como forma de se anestesiar e ocultar os problemas. 

Para saber mais e tirar suas dúvidas, procure ajuda profissional. A clínica Derm Way está localizada na Rua Princesa Isabel, 245, Centro em Sete Lagoas e atende de Segunda a Quinta de 08 às 17:30h e Sexta de 8h às 17h. Telefone para contato: (31) 3773 1234.
 

Veja Mais