Boas Novas – As duas experiências

27/06/21 - 07:20

Fátima Massula Dutra

A Bíblia é repleta de histórias ricas em princípios, experiências e lições. Dentre elas, a de Abraão é uma das mais emblemáticas e seu desenrolar mostra como as aparições de Deus em sua vida produziram fé, força, consagração e confiança em Deus. A história de Abraão pode ser dividida em dois processos ou experiências pelas quais teve de passar: salvação e transformação.

A salvação de Abraão iniciou com seu chamamento para deixar uma terra de ídolos e ir para o lugar que o Senhor lhe mostraria. Sua transformação incluiu todas as experiências que teve a fim de ter a fé fortalecida e finalmente ter o nome mudado de Abrão, que quer dizer “pai exaltado”, para Abraão, que significa “pai de uma multidão” (Gênesis 17:5). 

As experiências de salvação e transformação são o propósito de Deus para todo homem e o que, de fato, traz sentido a sua vida. 1 Timóteo 2:3-4 diz que Deus, nosso Salvador, deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. Essa salvação visa resgatar-nos de um passado sem Deus, de um ambiente distante de Deus, de nós mesmos, com uma vida vazia e sem sentido, e de uma tragédia anunciada: a condenação ao lago de fogo, destinado a todos os que não forem salvos.

Após ser salvas, as pessoas precisam ser introduzidas num ambiente adequado a fim de experimentar a transformação. Assim como um recém-nascido precisa de lugar adequado em que receba cuidado, carinho, alimento, proteção e amor, para ser transformado de bebê em um adulto plenamente maduro, também nós, depois do novo nascimento em Cristo pela fé, precisamos desse ambiente espiritual para crescer, amadurecer e ser úteis para Deus. Esse lugar é a igreja.

A igreja é a esfera em que recebemos alimento espiritual por meio da Palavra de Deus para crescer na vida divina. Nela aprendemos a falar, dando testemunho da obra salvadora e transformadora de Deus em nossa vida. Nela damos os primeiros passos em nossa caminhada com o Senhor. Nela somos instruídos e educados no viver cristão. Nela podemos servir a Deus e aos irmãos, tornando-nos úteis para Ele em Seu plano e propósito. Nela crescemos para nos tornar filhos maduros de Deus, que O expressam e representam onde quer que estejamos. Isso é transformação, um processo que dura toda a nossa vida. Jesus é o Senhor! Amém.

Veja Mais