Search
Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3

Censo Animal – Prefeitura vai realizar contagem de cães e gatos que “residem” em Sete Lagoas

Pesquisa é Fundamental para o Planejamento de Políticas de Bem-Estar Animal

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), em parceria com o Departamento de Controle da Dengue, dará início ao censo animal na próxima segunda-feira, 1º de julho. A principal meta da Prefeitura de Sete Lagoas é mapear a população de animais domésticos, visando a criação de novas ações em prol dos tutores, cães e gatos da cidade.

Levantamento será iniciado no dia 1º de julho Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Foto: Assessoria

Os dados coletados permitirão campanhas de proteção mais eficientes e adequarão as campanhas de vacinação, castração e outras medidas sanitárias conforme a realidade local. “Uma contagem de cães e gatos do município é essencial para compreendermos as necessidades específicas de cada região da cidade”, explica Patrícia Silveira, coordenadora do CCZ.

Nas últimas semanas, o CCZ capacitou as 14 equipes de Agentes de Endemias, que também atuam no controle da dengue, para que durante suas rotinas de trabalho preencham os questionários do censo animal. “Os agentes também farão a contagem dos cães e gatos de rua e identificarão se há na comunidade alguém que cuide desses animais”, destaca Patrícia Silveira.

A colaboração dos moradores será crucial para o sucesso deste trabalho. “Pedimos que todos colaborem recebendo os agentes em suas residências e fornecendo as informações necessárias para a pesquisa. Eles estarão uniformizados e identificados, o que traz mais segurança para a população”, reforça Patrícia Silveira.

Segundo a profissional, realização deste censo animal será um passo importante para garantir o bem-estar dos animais domésticos e a saúde pública em Sete Lagoas.

Importância da Contagem de Cães e Gatos no Município:

  • Compreender as necessidades específicas de cada região da cidade.
  • Planejar novas ações que beneficiarão tutores, cães e gatos.
  • Avaliar a cobertura vacinal antirrábica do município.
  • Determinar áreas prioritárias para o controle populacional (castração).
  • Identificar locais com grande número de cães e gatos para propor ações específicas.
  • Identificar animais em situação de rua e seus cuidadores para propor parcerias no cuidado desses animais.
  • Traçar estratégias para melhorar as condições de vida dos cães e gatos.

Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3