Search
Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3

Na Itatiaia

BLOG CHICO MAIA

Eduardo Costa, Godinho e Fernanda.


O pediatra do Mater Dei, sete-lagoano Ricardo Godinho deu um show de entrevista ao Eduardo Costa e à Fernanda Viegas no programa Rádio Vivo, da Itatiaia, na manhã de segunda-feira.
Com recorde de perguntas dos ouvintes/internautas de Minas, Brasil e exterior.

Inacreditável
Tupi de Juiz de Fora e Boa de Varginha, ex-Ituiutaba, foram rebaixados para a terceira divisão estadual ao ficarem em último em seus grupos na fase inicial do Mineiro do Módulo II.
Para melhor compreensão, em Minas a “terceirona” é chamada estranhamente de “segunda”, por invenções de nomenclaturas idiotas que o Brasil usa para amenizar o que não tem necessidade de se amenizar, pois subir ou descer degraus é questão de mérito. Estar em baixo ou em cima em qualquer escala da vida é questão de momento, faz parte da existência de tudo e de todos.


Sem segunda
Acredite, mas em Minas Gerais, temos a primeira divisão, Módulo II (que na prática é a segunda) e a segunda divisão, que é a terceira.
Fiquei surpreso também com a não classificação do Democrata para a fase decisiva porque foi montado um bom time, que vinha fazendo boas campanhas tanto no Mineiro quanto na Série D nacional e de repente caiu de produção e dançou.


Salto alto
Eu estava tão confiante no acesso do Democrata que aguardava a fase decisiva para me programar para ir aos jogos na Arena do Jacaré. Pelo que fui informado, os jogadores e talvez até a comissão técnica, devem ter entrado neste espírito também de excesso de confiança, achando que as vitórias viriam sem o esforço e dedicação totais necessários. Torcedor pode achar o que quiser, jogadores e treinadores, de jeito nenhum; têm que se concentrar no objetivo maior.
Fazer o quê? Vida que segue. Uma pena, já que a diretoria democratense vem conseguindo unir a cidade em torno do clube. Não tem faltado apoio da torcida nem de empresas para ajudar no trabalho de recuperação do clube.


Os classificados
Os seis classificados para a fase decisiva: Betim, Aymorés e Valeriodoce (Grupo A). Pelo Grupo B: URT, North e Mamoré. Os seis serão separados em dois grupos e, ao término dos jogos entre si em turno e returno, dentro dos grupos, os primeiros de cada sobem automaticamente e fazem a final da competição.
Vão ocupar os lugares de Ipatinga e Patrocinense, que foram rebaixados este ano.


Continuamos na fila
Ao perder em casa para o Valério, o Democrata deu adeus à chance de se classificar para a fase decisiva do Módulo II, e fim da esperança de ver o time na primeira divisão de 2025. Agradeço e publico na íntegra as observações do Ives Teixeira, professor da UFMG, sete-lagoano, também muito incomodado com a eliminação do time no campeonato:
“Oi, Chico
Sobre sábado: o Democrata esteve apático como faz tempo não se via.
Você deve se lembrar do jogo final do módulo 2 de 2022, quando fomos campeões. Um jogo impecável, com muita, muita raça da equipe, Alguns daqueles jogadores fazem parte da diretoria de futebol do clube. Será que não foram ao vestiário levar à importância de vencerem o Valeriodoce, do quase reeleito Marco Antonio Lage?
Os jogadores de 2024 são piores que os de 2022? O Toninho Pesso tem qualidade inferior ao Paulinho Guará? Guará que está fazendo ótimo trabalho no North, fica o registro.
O Democrata, parece, ter perdido o campeonato no vestiário. Desconheço quais foram os acordos entre os jogadores e a comissão técnica sobre os jogos nas duas competições. Algo se perdeu ali. Parece que a fala aos jogadores foi a de que eles eram os melhores e que iriam resolver com técnica, sem precisar de raça, garra.
Os jogadores se sentiram como verdadeiros “craques” de bola, com erros inadmissíveis por pura vaidade e incompetência. Foram vários os comentários de torcedores sobre jogadores em festas, boates em BH. Muitos apenas aproveitaram a qualidade da estrutura do Jacaré, que não estava tão sem grana, feito em tantos anos, para se divertirem à custa a paixão do torcedor.
A torcida fez sua parte ao longo de toda a campanha e cobrou bem pouco, ao fim do jogo, diante da humilhação que foi mais uma derrota na Arena, com a consequente não classificação. A cidade apoiou financeiramente o clube como há tempos não acontecia. O torcedor também.
Agora é preciso que algumas pessoas sejam honestas para explicarem o que aconteceu. Não houve entrevista do treinador para os jornalistas após o fim da partida? Não houve posicionamento da diretoria de futebol após a não classificação? O que, de fato, aconteceu nos bastidores dos vestiários da Arena do Jacaré ao longo da temporada?
Com todo o investimento financeiro realizado na temporada, a classificação para a próxima fase da série D passou a ser obrigação. Simples assim. O que acha?
Sobre o Prateleira de Cima: que prazer acompanhar tantas memórias vindas de você e dos entrevistados. Gilvan, Procópio, etc… Isso é o melhor da história oral do jornalismo e do futebol em BH. Agradeço.
Abraços aos leitores.”
* Por Ives Teixeira


Zezinho da Dinâmica

Zezinho Bastos (esq.) abriu há pouco tempo a Dinâmica Comércio de Borracha, mas o prestigio pessoal dele e conhecimento do setor, já garantiram o sucesso crescente da loja, que fica na Rua Raquel Teixeira Viana 920, no Canaã, ao lado do antigo Banco Santander.
Na foto, ele e o Victor da Agência Victor Produções, uma grata revelação da comunicação digital e visual da cidade, “transformando percepções, Impulsionando negócios!”.

Zezinho e Victor
Anuncio #1
Anuncio #2
Anuncio #3