Lucas

07/06/22 - 09:38

Lucas
Lucas

Élida Gontijo

   Estes dias estava sem publicar meus textos, minha companheira inspiração saiu de férias, todos precisam descansar. Sem ela não escrevo, a escrita para mim é um transbordar de emoções, foram passando os dias e começou a surgir bem devagarinho a figura de um menininho muito lindo, sensível, apareccendo em meus pensamentos e em meu coração. Fui lhe afagando conhecendo melhor, ficando mais próximos agora posso falar um pouco sobre ele.

    Lucas é um garotinho que tem uma beleza muito diferente, não se encaixa nos padrões de beleza aprovados pelas revistas que contratam modelos. Sua beleza para ser descoberta é preciso conhece-lo. Já nasceu tendo que ser acolhido por uma tia, sua mãe faleceu em seu parto, o pai homem trabalhador, não tinha condições de cuidar de um bebê, primeiro filho, queria que tivesse nome de santo e nada melhor que Lucas. Vivia pelo Brasil inteiro fazendo transporte de cargas de frutas e verduras para grandes supermercados. Resolveu deixar seu tesouro com uma irmã muito especial, carinhosa e que era casada e não podia ter filho. Lucas cresceu sentindo muita falta da mãe, sua tia era extremamente amorosa, mas mãe é insubstituível , não adiantava ver todas as fotos e álbuns que tinham sua mãe , queria sentar em seu colo, tocar seu rosto, conversava todas as noites com Deus e pedia para mandar sua mãe só uns minutinhos aqui pra Terra, ele prometia devolver. Mas nada adiantava, um dia já com sete anos, sua professora de ensino religioso presenteou-lhe com uma imagem de Nossa Senhora das Graças, ficou encantado com a santa, seu olhar , a delicadeza do seu rosto. Resolveu que faria no jardim uma gruta de pedra para colocar sua santinha perto das flores , suas melhores amigas, cuidava do jardim  como ninguém.

imagem

    A tia providenciou sua gruta, ficou linda, resolveu fazer uma coroação para inaugurar, vieram crianças de longe , Lucas já tinha cara de anjo, vestido como um , ficou idêntico. Foi uma linda coroação, transbordava amor e fé, logicamente a professora de ensino religioso foi convidada e ficou muito feliz por ter agradado seu aluno com o presente. Todo dia antes de ir para escola Lucas ia lá na gruta ver sua santinha, rezava pedia proteção e ia estudar um pouco. Um dia véspera do dia das mães conversou muito com Nossa Senhora ,como sempre fazia, mas desta vez chorou muito, reclamou que todos os colegas tinham mães , só ele que não, de repente Nossa Senhora começou a falar, disse que ele tinha uma mãe que morava no céu e uma na terra , sua tia. Falou que ele era ingrato, pois tinha amor de todos e ainda achava pouco, ele chorando aceitou , mas pediu pra ver a mãe. Nossa Senhora tomando em seus braços pediu que olhasse dentro dos seus olhos, ele olhou bem,parecia abrir uma cortina , dentro dos olhos da sua santinha viu uma linda mulher que dizia:
    _ Acalme seu coração meu filho, estou sempre com você. Lá de cima acompanho todos seus dias. Quando quiser me ver olhe bem nos olhos da Nossa Senhora, toda santa tem olhos de mãe, de amor.

    Lucas já estendia a mão para tomar a bênção, quando sua tia gritou perguntando se iria dormir no jardim, Lucas respondeu que já estava indo. Olhou bem para Nossa Senhora e agradeceu tanto carinho, pediu que lhe colocasse no chão. Do nada escutou a voz de sua professora perguntando o que havia acontecido, pois havia dormido na aula , nunca havia acontecido , estavam falando sobre a festa do dias das mães. Aquele menino de fé, puro, respondeu rapidamente:

   _ Professora me desculpe, sem querer cochilei , mas valeu a pena, tive um sonho maravilhoso, um dia te conto. Mas não conte pra minha tia que dormi durante a aula ela pode ficar chateada.

    A professora sorriu e ficou curiosa sobre o sonho. A partir daquele dia sempre que a saudade aperta e pensa em sua mãe Lucas olha nos olhos da Nossa Senhora e sente todo amor maternal encher seu coração.

Junho de 2022.